quarta-feira, 23 de março de 2016

Sweet movie (1974)


Contado através de duas histórias não linear, o filme acompanha uma desventurada mulher vencedora do Miss Mundo 1984 e uma capitã revolucionária abordo em seu navio anarquista, com o rosto de Karl Marx na proa. O filme contém uma linguagem cheia de símbolo e referência anarquista, além de cenas de coprofilia, emetofilia e insinuação de pedofilia. É meio difícil de entender esse filme ou pelo menos, falar sobre ele. Para simplificar as coisas, resolvi agrupar todos os acontecimentos deste filme de forma linear. Para quem gosta de chocolate, esse filme perturbador é uma verdadeira delicia !


SWEET MOVIE começa em um programa de TV chamado Crazy Daisy Show, que está transmitindo ao vivo o "Miss Mundo 1984", patrocinado pela presidente da The Chastity Foundation (traduzido para o português "Fundação cinto de castidade"). No total, são 77 modelos semifinalistas dos mais diversos cantos do mundo, todas virgens e cada qual mais bela que a outra. Virgens? isso mesmo. Não se trata de um mero concurso de beleza para eleger a mais bonita, mas sim, a "mais virgem" e cobiçada. O prêmio é 50 milhões de dólares e a oportunidade de se casar com "o homem mais rico do mundo" (segundo o apresentador sensacionalista do programa).

Um médico ginecologista maluco chamado Dr. Middlefinger, entra em cena para explorar a vagina de cada uma das candidatas. Quando é chegado a hora da Miss Canada, o doutor "Dedo médio" fica surpreso com a tamanha beleza do sexo da candidata. O rosto do ginecologista fica iluminado, como quem acaba de encontrar uma mina de ouro e ele comenta : "Em todos meus anos de prática, não vi nada tão encantador".


A Miss Canada é levada até a casa do magnata Aplanalp, para perder a sua pureza. Após um banho rigoroso, ele limpa todo o corpo dela com algodão, molhado com Isopropyl (Álcool). Quando a mulher se encontra completamente limpa e livre de impurezas, ele mija sobre o corpo nu da virgem com o seu pênis de ouro. Já em outro momento, a Miss Canada é humilhada dentro de uma piscina com água (algo que quase a matou) e logo em seguida, é levada para longe por um guarda-costas da família (Roy Callender). Ela é humilhada novamente, agora pelo guarda-costa negro "bem dotado", que coloca ela dentro de uma mala com destino a Paris.


A Miss Canada vai parar em paris próximo a torre Eiffel, onde conhece um cantor Latino (provavelmente mexicano ou espanhol) chamado El Macho e tem relação sexual com ele na rua, mas, são interrompidos durante o ato, por um grupo de freiras que passavam pelo local. O choque é tão grande, que o pênis do cantor acaba ficando preso dentro da vagina dela, devido uma cãibra. Depois desta cena constragedora, a mulher entra em estado de choque e é levada involuntariamente até uma comunidade cheia de pessoas malucas (literalmente).

A cena abre com a Miss Canada ainda desorientada, mamando diretamente do seios de uma mulher. Logo, ela participa de um banquete bastante exótico, onde pessoas vomitam diretamente sobre a mesa e até urinam. Já em outro momento, os membros da comunidade estão mimando um homem que está "renascendo", atuando com um bebê. O homem pelado chorar, urina e até defeca enquanto os outros estão cuidando dele como um garoto recém-nascido. No final, Miss Canada é vista gravando um comercial obsceno, onde ela se banha com chocolate líquido.


A segunda narrativa, envolve uma mulher chamada Anna Planeta. Na verdade, essa segunda narrativa não existia no roteiro original do filme, o diretor Dusan Makavejev teve que reescrever o roteiro devido a saída da atriz Carole Laure, que interpreta a Miss Canada. Carole abandonou as filmagens devido se torna cada vez mais enojado sobre as ações necessárias para seu desempenho em SWEET MOVIE. Ela decidiu larga o filme, após gravar uma cena em que ela acariciava o pênis de um homem e passava ele em seu rosto... !

A segunda história não linear deste filme, é sobre Anna Planeta (Anna Prucnal) e o seu navio anarquista, com o rosto de Karl Marx na proa e cheio de doces no interior. Ela decide dar carona para um insistente marinheiro (Pierre Clémenti), que diz está apaixonado por ela. Mesmo sabendo que o pobre homem é apaixonado por ela, Anna não pensa duas vezes em assassina-lo em um ninho de açúcar. Ela também seduz três crianças em seu mundo de doces e revolução, fazendo uma dança sensual para eles. Ela abre o zíper da calça de uma das crianças e vai para cama com ele, mas o filme não deixa isso explícito e um corte de cena acontece. Mais tarde, as crianças são encontradas todas mortas. O filme termina com Anna Planeta e sua trupe sendo presos pela polícia, que encontraram vários corpos no interior do navio.


O filme foi banido (ou cortado severamente) em diversos países devido as cenas de coprofilia, emetofilia e filmagens dos restos mortais das vítimas polonês Katyn massacre. Sweet movie é proibido em diversas partes do mundo até os dias de hoje. Obter uma cópia do filme, era quase impossível em 1974 devido a ditadura da época. Em 2007, o filme foi finalmente lançado no formato DVD, distribuído pela The Criterion Collection.

Se você está procurando um filme polêmico, cheio de mensagens anarquistas, Sweet movie é um prato cheio para você. Por falar em prato... existe uma cena, que alguns homem estão defecando em um prato, para competir quem é o "melhor". Nesse caso, é preciso ter estômago para assistir determinadas cenas. Eu vi essas cenas de "coprofilia" (fezes) e "emetofilia" (vômitos) e não senti nada, mas esse sou eu... o insensível que assistiu Hungry Bitchies comendo sorvete !


Finalizando, SWEET MOVIE é um filme perturbador, mas ao mesmo tempo, possui uma boa mensagem para os cinéfilos mais exigentes da sétima arte. Tive que ver esse filme duas vezes, para compreender melhor certos acontecimentos. O mais gostoso desse filme (além do chocolate), são as legendas disponíveis para o nosso idioma. 4/5

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Filmes Perturbadores é um WebSite com resenhas dos filmes mais perturbadores de todos os tempos, além de fazer algumas analises de filmes underground, Exploitation, Horror Brasileiro e filmes de terror asiáticos.

qualquer tipo de comentário é muito bem-vindo, desde que tenha alguma coisa à ver com o Filme. ;)