terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

PVC-1 (2007)


Inspirado em uma história real, PVC-1 é um filme colombiano do gênero Thriller, gravado em apenas um plano-sequência. 

Talvez, um dos filmes mais chocantes já produzido na Colômbia. O filme narra a história de um grupo de terroristas que invadem uma casa, colocando toda uma família como refém. O grupo exige uma quantia de 13 milhões de pesos, mas aparentemente, a família não possui todo este valor em dinheiro. revoltados com a situação, eles decidem colocar um "Collar Bomba" no pescoço de Dona Ofélia, para garantir que a família consiga todo o dinheiro exigido. A Gangue liderada pelo violento Benjamin deixa a casa, levando consigo o único controle capaz de desativar a bomba. Ao lado do marido Simon e de seus três filhos, Ofélia inicia uma batalha contra o tempo para escapar com vida deste inferno. sua única esperança : O esquadrão Anti-bombas.


Escrito e dirigido por Piros Stathoulopoulos, o premiado PVC já passou por 30 festivais de cinema e conquistou 13 prêmios internacionais, incluindo o de Melhor filme ibero-Americano no Cannes International Film Festival em 2007. Embora o filme tenha sido gravado em apenas um dia, não foi nada fácil produzi-lo. foram 30 longos dias de ensaios para que tudo acontecesse o mais real possível no dia da filmagem, incluindo mais 7 dias para treinar a câmera ao sol em busca dos melhores ângulos, já que a sombra do cameraman não podia aparecer nas gravações.


PVC-1 é rico em realismo e tenso do começo ao fim. O filme abre com uma Gang dirigido um carro, todos armados com armas de fogo e facões, carregando uma bolsa com uma suposta bomba dentro dela. Um dos rapazes que está com a bomba, curiosamente tenta mexer nela, mas é interrompido por Benjamin que violentamente ameaça tirar a vida dele. A filmagem em nenhum momento é cortada, o grupo segue até uma casa em uma fazenda (ou algo do gênero) para por em prática o crime. Eles abordam o homem da casa Simon, seus três filhos e logo depois Dona Ofélia, que tem uma bomba colocada em seu pescoço. A bomba em questão, são dois canos PVC de tamanhos e formas iguais com um explosivo dentro. Quando os dois canos são colados um ao outro, forma uma espécie de "Collar", com um espaço no centro bem pequeno, de modo que não seja possível passar pela cabeça da vítima depois de montada. Os criminosos abandona a casa deixando toda a família desesperada com a situação de Ofélia, a família toda segue rumo até um determinado lugar onde o esquadrão antibombas estão esperando. Toda a sequência é feita sem cortes, o espectador assiste todo o drama dos personagens e principalmente, de uma mãe que não tem muito tempo de vida. Se você conhece o caso "Collar Bomba" ou é muito familiarizado com filmes Baseados em fatos reais, possivelmente,  já deve conseguir prever o fim desta história. Talvez o final seja previsível,  mas a forma como ele é revelado é sensacional, o diretor Piros assusta o espectador no momento em que menos esperamos. 


O filme é baseado em um caso real que ficou conhecido como "Collar Bomba". Em 16 de maio de 2000, uma colombiana morreu após dois militares tentarem remover uma bomba que estava presa no pescoço da vítima. Ambos morreram instantaneamente juntos com dona Elvira Cortés Gil e outros dois militares também ficaram gravemente feridos na operação. A mulher de 54 anos, morreu quando o esquadrão antibombas tentou desarmar a bomba. Os responsáveis por este crime bárbaro, foram um grupo de guerrilheiros das "Forças Armadas Revolucionárias da Colombia" (FARC).

Um comentário:

  1. Henry parabens pelo blog curti muito o conteudo continue assim valeu!!

    ResponderExcluir

- Qualquer tipo de comentário é bem-vindo, desde que tenha alguma ligação com a postagem. SPAM serão ignorados e deletados.

- Informe sobre links quebrados, isso ajuda bastante a manter o blog limpo.