segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Suicide Dolls (1999)

a.k.a Satsu Satsu (ayame) 

"Suicide Dolls" é o terceiro filme do diretor Tamakichi Anaru lançado em 1999. Este insano diretor japonês, é o responsável pelo clássico Snuff Movie Niku Daruma (também conhecido como Tumbling Doll of Flesh), produzido pela PSYCHO. Seu primeiro grande filme foi lançado em 1998, Niku Daruma narra a história de uma equipe de filmagem que está produzindo um filme pornô caseiro. Quando a atriz decide abandonar o trabalho pela metade (devido os abusos que ela estava sendo submetida), o diretor captura ela e a converte em uma verdadeira "Boneca de Carne". Tamakichi Anaru possui um tipo bizarro de fetiche, onde mulheres são mortas de maneira grotesca em seus filmes, geralmente cometendo suicídios com auto-mutilação. 

A minha opinião sobre o filme "Suicide Dolls" é um pouco dividida, por isso eu resolvi dar uma nota individual para cada segmento, de 0 a 5 pontos. a resenha abaixo contém alguns SPOILERS...


O Filme abre com o primeiro seguimento chamado "Tenchuu", onde uma mulher está esperando por alguém em uma sala cheia de caixas. ela examina um pouco os objetivo existentes em algumas delas, fica um tempo deitada no chão, faz consumo de drogas no local e por diversas vezes conversa pelo telefone... tudo isso para matar o tédio, pois a pessoa em questão ainda não chegou. a mulher começa a se sentir muito solitária e até mesmo um pouco paranóica. Entre ataques de ansiedade, ela encontra um revólver e balas no armário. As horas se passam e a mulher continua ali sozinha esperando. Em um ato de loucura, ela decide pegar o revólver e se distrair um pouco brincando de "Roleta-Russa", mas, ela não quer viver a adrenalina de escapar com vida de acordo com a sua sorte, pois ela aperta o gatilho várias vezes até o revólver disparar uma bala. Um tiro é dado contra a sua cabeça e logo após a sua morte, alguém bate na porta. 3/5


"Sabaki" é a segunda parte do filme, onde um homem e uma mulher estão sentados na mesa da cozinha conversando. Ele entrega alguns papéis para que ela possa ler, causando assim uma reação de tristeza e desespero nela. Eu não sei exatamente qual o conteúdo de todos esses papéis, a minha melhor teoria é que se trata de um pedido de divórcio, mas... eu não tenho certeza disso. O homem vai embora e a mulher fica bem mais angustiada, sozinha. A sensação de solidão faz a japonesa enlouquecer cada vez mais. Ela fica brincando com o interruptor da cozinha; acendendo e apagando a luz. Em outro momento, corre para vomitar no banheiro, já em outro a mulher se deita no chão e fica arranhando o rodapé da parede como uma verdadeira louca. Após terminar de fazer essa série de rituais estranhos, o filme mostra ela chegando na cozinha com algum tipo de corda branca na mão, pega uma das cadeiras da mesa e segue calmamente para um corredor fora de nossa vista. Como a câmera estar fixada em algum ponto da cozinha, não é possível ver o que acontece. mas, após um tempo, o espectador ver o filme através de uma segunda câmera que estar no corredor, revelando então a mulher cometendo suicídio por enforcamento. 2/5


"Kyôen" é o penúltimo seguimento e de longe o mais perturbador. uma equipe de filmagem está preparando uma sala para a realização de um sádico ritual, onde uma mulher pretende cometer suicídio diante das câmeras por vontade própria. muito animada e fumando um cigarro, ela conversa com alguém da equipe de filmagem, enquanto o restante da produção monta todo o cenário. uma lona azul é colocada sobre o chão e algumas outras coisas para a realização do harakiri. Depois de prestar o seu depoimento (com um cara chato que só sabe falar "Hm" a todo momento), é dado início o ritual. Ela abre o seu manto para expor o seu estômago nu, pega uma faca e tentar perfurar a própria barriga, mas não consegue na primeira tentativa. Um membro da equipe de filmagem enfaixada a mão dela que estar com a faca em punho, para garantir que desta vez o suicídio ocorra com sucesso. A mulher consegue enfiar a faca dentro de seu estômago, depois faz um corte de ponta a ponta para abrir a sua barriga. Eu pensava que Tamakichi Anaru não ia conseguir me surpreender muito neste filme igual como fez em Niku Daruma ou em Women's Flesh, mas, eu estava enganado... a cena é tão realista de um jeito que doeu até em min! Ela coloca a mão dentro do corte e puxa um pouco seus intestinos para fora, enquanto a produção filmar tudo com profissionalismo. Quando se pensa que tudo chegou ao fim, a mulher retira o seu próprio globo ocular e exibe ele para a câmera com efeitos especiais a nível Guinea Pig: Flowers of Flesh and Blood. a cena é tão forte que um dos produtores corre para fora vomitar. 5/5


A última parte do filme é um curta-metragem, feito com animações de bonecas. Na trama, duas bonecas se conhecem e instantaneamente viram amigas. as duas bonecas bebês tem uma voz bem engraçada, imagine "Alvin e os esquilos" com sotaque de ETs japoneses. elas ficam brincando juntas ao som de uma música eletrônica bem perturbadora que faz um contraste sinitro com a fotografia do curta. três outras bonecas (multicoloridas e nada amigáveis) surgem em cena para acabar com a diversão das duas. eu poderia dizer o que obviamente acontece em seguida, mas, eu sugiro que você mesmo veja com seus próprios olhos, pois eu garanto que vai ser difícil assistir isso somente uma vez. 4/5


O filme não tem legendas, sendo assim, eu tive que fazer somente a leitura das imagens para tentar compreender o que estar acontecendo em cena. os dois primeiros segmentos foram filmados com algum tipo de câmera escondida (como um verdadeiro found footage). isso é muito bom, pois torna o filme mais autêntico e realista. a morte da terceira "Suicide Dolls" é o climax de todo o filme, quase um Snuff verdadeiro, tão perturbador de tal forma que mais tarde, o diretor teve que lançar o Making Of de 'Satsu Satsu (ayame) para provar que a atriz Shino Setsuna não foi morta de verdade. Devido o filme não ter sido dublado, naturalmente devo ter confudido uma ou duas coisas que se passa ao longo de cada seguimento, mas, a realidade é essa... você dificilmente vai encontrar um filme perturbador de peso sendo lançado em território Nacional. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qualquer tipo de comentário é bem-vindo, desde que tenha alguma relação com o texto. Por favor, informe links quebrados!

This site does not store any files on its server. We only index and link to content provided by other sites.