quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Cutting Moments (1997)

Cutting Moments (algo que podemos traduzir como "momentos de corte") é um curta metragem escrito e dirigido pelo diretor Douglas Buck em 1997. no mesmo ano em que foi produzido, ele recebeu o terceiro lugar na categoria melhor curta metragem no Fant-Asia Film Festival e ganhou destaque em alguns festivais de cinema fantástico. mais tarde, uma edição limitada do curta saiu para VHS e em agosto de 2004 para DVD na coleção de curtas metragem  Family Portraits: A Trilogy of America.

Este é simplesmente um dos curta metragem mais poderosos dos últimos 20 anos. "Cutting Moments" conquistou inúmeros fãs de filmes independentes graças a sua violência extrema, gore e personagens em situações de completa angustia. na trama, um casal que esta vivendo um crise no casamento acabam si matando de maneira grotesca. eu considero este este curta metragem uma experiencia bem bizarra e olha que estamos falando de um filme lançado no final dos anos 90, nem consigo imaginar o impacto que ele causou em sua época.


WARNING : Contém SPOILER! 

com 25 minutos de duração, esse perturbador thriller conta a historia de Sarah (Nika Ray) e Patrick (Jared Betswortas), ambos tem um filho juntos chamado Joey (Jared Barsky). por durante anos o casal sempre foram muitos felizes juntos até o nascimento de seu primeiro e único filho, porém, todo o carinho e afeto que Patrick sentia por Sarah desapareceu e agora ele é um homem frio que ignora a existência de sua esposa. logo no começo, percebemos que o garoto Joey apresenta algum problema psicológico com relação a sexualidade. a família esta a beira do divorcio e Patrick parece não si importa nenhum pouco com quem seu filho vai ficar após a separação. 

Conforme a historia vai ganhando forma, percebemos que Patrick esta tão distante de sua esposa a ponto de ter relações sexuais todas as noites com o seu próprio filho Joey.

Sarah tenta fazer de tudo para chamar a atenção de seu marido, em uma das cenas elas si veste com um vestido vermelho para seduzir-lo e usa um batom da mesma cor, Patrick esta vendo o jogo de Baseball na televisão. quando ela chega até ele,  Patrick olha para ela com o seu olhar frio e mórbido como quem esta olhando para a coisa mais ridícula do mundo. depois de perceber que nada mais poderia ser feito para salvar o seu casamento, Sarah vai até o banheiro para si auto mutilar. essa cena é bem pesada, angustiante e difícil de assistir sem si sentir tocado pelo sofrimento da personagem.


Sarah corta seu dedo por acidente com os fragmentos de vidros do porta-retrato e usa o seu sangue para desenhar um sorriso em seu reflexo no espelho, sorriso que nos lábios dela não existe mais. ela remove o seu batom vermelho com uma toalha e em seguida esfrega algo como uma lã de aço nos lábios até desfigurar a sua boca. enquanto Sarah esta no banheiro desesperada destruindo parte de seu rosto, Patrick continua vendo o seu jogo e Joey esta sozinho na rua brincando com seu urso de pelúcia. com a boca toda sanguinolenta, Sarah pega uma tesoura e corta seus lábios fora pedacinho por pedacinho...

Agora, Sarah retorna até a sala para novamente tentar chamar a atenção de seu marido e ele finalmente demostra alguma reação. Patrick finalmente percebe a existência de sua mulher e olha para ela impressionado. sua reação é bem estranha, eu acredito que ele tenha encontrado algum tipo de beleza no rosto desfigurado dela.


 O filme faz um corte de cena e agora somos levado até o quarto do casal onde os dois estão pelados sobre a cama. isso é bom né? mais em "Cutting Moments" não, aqui não existe final feliz. Patrick esta sobre Sarah cortando seus dois seios com um tesoura grande de jardim. ela sente muita dor, mas parece gostar um pouco do que ele esta fazendo com ela, já ele corta a sua esposa enquanto chora de angustia. após corta cada um de seus peitos, ele pega a tesoura e corta fora o seu próprio pênis. com a morte do casal, a policia chega até o local do crime e encontra os dois mortos sobre a cama e menino como unica testemunha desta trágica historia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Filmes Perturbadores é um WebSite com resenhas dos filmes mais perturbadores de todos os tempos, além de fazer algumas analises de filmes underground, Exploitation, Horror Brasileiro e filmes de terror asiáticos.

qualquer tipo de comentário é muito bem-vindo, desde que tenha alguma coisa à ver com o Filme. ;)