sábado, 17 de maio de 2014

3096 Dias de Cativeiro (3096 Tage) - 2013

3096 dias foi o tempo que Natascha Kampusch permaneceu em cativeiro depois de ter sido raptada (em 1998), aos dez anos de idade, pelo psicopata austríaco, Wolfgang Přiklopil, quando caminhava para a escola. Apesar da enorme divulgação que o caso teve e de todas as buscas policiais, Natascha só conseguiu fugir oito anos depois, aproveitando um descuido do seu raptor. Esta é a história macabra e absolutamente real de "3096 Dias de Cativeiro".
O filme é baseado na historia real de Natascha Kampusch, que foi raptada e mantida em cativeiro entre os anos de 1998 e 2006.  Durante seus 3096 dias de cativeiro, Natascha sofreu todo tipo de humilhação psicológica e sexual, tortura física com surras constantes, e privação de comida e luz.
É difícil descrever o tamanho do terror psicológico que esse drama consegue transmitir, a incapacidade de não poder ajuda-la é sua unica companhia ao longo de todo o filme. é intenso, triste e angustiante do principio ao fim, algumas cenas de abuso infantil presente em 3096 Tage são fortes sendo capazes de até mesmo chocar os mais frios corações. o sequestrador Wolfgang no começo tem uma especie de amor paternal com Natascha, com o passar dos meses é revelado ao poucos sua real intenção com a menina. depois de 4 anos de cativeiro, a garota começa a sofrer abusos sexuais. a nossa protagonista em diversas parte do filme é espancada pelo seu sequestrador de maneira fria e covarde, as cena de nudez da atriz junto com as cenas de estupro dão a esse drama uma atmosfera bem perturbadora. em resumo, esse triste e cruel filme narra todo o pesadelo vivido por Natascha até finalmente conseguir fugir de seu cativeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Qualquer tipo de comentário é bem-vindo, desde que tenha alguma ligação com a postagem. SPAM serão ignorados e deletados.

- Informe sobre links quebrados, isso ajuda bastante a manter o blog limpo.