quarta-feira, 30 de abril de 2014

Thriller : A Cruel Picture (They Call Her One Eye, Hooker's Revenge) - 1973

Thriller : A Cruel Picture é um filme exploitation do sub-gênero rape-revenge. o filme foi proibido na Suécia logo em sua estreia devidos suas cenas forte de perversão e sexo explicito. para você ter uma ideia, o filme que antes tinha 107 minutos teve que ser reduzindo para 104 minutos, depois para 86 minutos até chegar em 82 minutos onde finalmente conseguiu passar em países como os Estados Unidos.  eu vie a versão sem corte e adorei, mas não consigo esconder o quanto fiquei indignado e ao mesmo tempo revoltado com as cenas de sexo gratuito que eu presenciei, como não quero estragar a experiencia individual de  cada falarei bem pouco desta obra que inspirou Quentin Tarantino a criar Kill Bill em 2003.
A historia gira em torno de uma garota chamada Madeleine que foi abusada em sua infância, devido a esse triste fato ela ficou com um trauma e não consegue mais falar. certo dia, 15 anos depois para ser exato, ela decide tirar um dia de folga e no caminho ela conhece Tony, ele convida ela para entrar em seu carro de luxo e ela inocente como é aceita facilmente. ele leva ela para almoçar em um restaurante, em seguida os dois vão até a casa desse "generoso" homem.  quando ambos estão na casa de Tony, ele coloca uma droga na bebida dela fazendo-a dormir logo ao sentir o seu efeito. enquanto Madeleine esta dormindo, Tony liga para seu amigo doutor para esse aplicar uma dose de heroína nela e, depois de um longo sono de três dias ela desperta. Tony conta para ela que Madeleine esta viciada em heroína, o narcótico mais poderoso que existe, ela precisa de duas doses diárias ou caso contrario morrera em 48 horas. nossa protagonista agora esta viciada fisicamente e psicologicamente,  ela é forçada a si prostituir para sustentar não só seu vicio mas para si manter viva. quando ela si nega ao primeiro cliente seu olho é perfurado fazendo com que a pobre Madeleine use um tapa-olho durante todo o filme. como acontece em todo Rape Revenge ela si fortalece para no final pegar todo aqueles que fizeram de sua vida um inferno, no caso de Madeleine ela treina caráter, faz aulas de tiro e aprende a dirigir carro em alta velocidade.
O filme contem cerca de quatro cenas de sexo Hardcore, isso é, estou falando de pornografia mesmo mais isso só é visto na versão sem cortes para DVD, como não posso postar fotos de sexo explicito aqui posso descrever um pouco, ora, porquê não? imagine a câmera filmando somente os órgãos sexuais durante a penetração, são só alguns segundo mais que parecem durar bem mais que isso, em uma das cenas da para ver o momento exato em que o ator ejacula depois de retirar seu pênis de dentro dela. como si isso não bastasse, o diretor Bo Arne Vibenius  ainda nos mostra uma sacanagem ainda maior, em uma das cena o cliente esta fotografando a vagina de Madeleine e essa é obrigada a abrir seus lábios genitais e acaricia-los enquanto o pervertido tira algumas fotos, o foco da câmera nesse momento é tão próximo que coisa igual só si ver mesmo em filmes pornô, mas atenção : as cenas de sexo Hardcore de Thriller não passa de uma material editado, isso já foi comprovado pelo próprio diretor. muito costuma chama esse de "só mais um filme trash", mas esses com certeza não viram a versão Full do pacote.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Qualquer tipo de comentário é bem-vindo, desde que tenha alguma ligação com a postagem. SPAM serão ignorados e deletados.

- Informe sobre links quebrados, isso ajuda bastante a manter o blog limpo.